ABC da Descoloração

02:00


 Sabem aquele momento em que precisam de um boost de confiança extra? Eu tive um desses há uns meses. Precisava de mudar! Precisava de fazer algo diferente, foi quando decidi virar semi loira. Ora semi, por uma simples questão: Embora eu quisesse mudar, não queria mudar de tal forma drástica, já para não falar do amor que eu tenho ao meu cabelo, tinha medo de o estragar.
    Primeiro decidi fazer uma especie de calafornianas, mas eu olhava e parecia que conseguia ver uma reta entre o escuro do meu cabelo e o que tinha sido descolorado, por isso investi mais um pouco e decidi fazer umas pequenas madeixas loiras junto à raiz. A ideia era brilhante, e via-me com ele assim. Só que aqui o problema foi, no cabeleireiro que fiz, as pratas devem ter ficado demasiado tempo que o loiro virou amarelo em muito pouco tempo. Aguentei o verão, só que o meu cabelo já não era cabelo, era quase um ninho de cucus. Já não me identificava, não conseguia ver-me ao espelho e de cabelo solto com ele daquela forma. Pesquisei por todo o lado se era normal o cabelo ficar daquela forma, mesmo fazendo máscaras reparadoras, nutritivas e utilizando shampoos que normalmente só se vê em cabeleireiros, especificos para o meu tipo de cabelo. Foi uma fase bastante triste para mim, pois tinha que estar sempre com o cabelo num coque. Por isso decidi voltar à minha cor, ganhei coragem e fui matar o bichinho da curiosidade e fui ao Jean Louis David, no Centro Vasco da Gama
   Fui tão bem atendida, os funcionários foram tão simpáticos e perceberam o meu desgosto. Mas acabei por escurecer apenas um pouco o loiro, pois eles perceberam que o que eu queria era aclarar o meu cabelo e quem fica loira muito dificilmente volta ao cabelo escuro, o que era o meu caso. Eu não me identificava com um cabelo tão escuro. 2 horas depois não podia ter escolhido melhor!! Ficou tão lindo e tão natural. E o cabelo? Esse voltou a ser cabelo, mega sedoso, brilhante e forte. Posso dizer que chorei um pouco de alegria.
     O que aprendi no meio disto tudo? É que podem existir imensos cabeleireiros, mas secalhar por vezes as profissionais não estão habituadas a certos tipos de trabalhos. 
Mesmo com todos os cuidados que tive a nível de máscaras, condicionadores e shampoos, se o resultado ficar "mal", só vai piorando.
  • Os conselhos que vos posso dar é que quando notarem que o loiro começa a ficar amarelo, optem por um shampoo roxo 1 a 2 vezes por semana, para que tonalize o amarelo;
  • "Usem e abusem" das máscaras, pois podem fazer até 2 por semana. Experimentem fazer uma apenas de óleo de coco. Para além de ficarem com o cabelo cheiroso fica super sedoso;
  • Para além das hidratações, recomendo que façam uma reconstrução capilar uma vez por mês e 2 nutrições de 15 em 15 dias;
  • Nunca se esqueçam de usar protetor de calor, seja só por usarem o secador ou algum modelador de cabelo;
  • Tentem utilizar shampoos indicados para cabelos descolorados/pintados, ou para cabelos frageis ou secos;
  • Tentem utilizar um óleo depois de lavarem o cabelo, pois ele vai proteger o vosso cabelo que já está frágil contra as agressões externas, como o sol, o frio, a chuva, etc já para não falar que vai nutrir os vossos fios durante o dia;
  • Tenham atenção à temperatura da àgua, quando mais fria melhor;
  • Tentem pentear o cabelo com um pente de dentes mais largos do que aquilo que vocês normalmente usam, e preferencialmente quando ainda têm o condicionador no cabelo, pois ajudará a desembaraçar o cabelo e não vos vais custar tanto depois.

You Might Also Like

0 comentários