HUDA BEAUTY: Desert Dusk

18:00

    


    Hoje é o dia! O dia em que falo na paleta de sombras que tem o meu coração desde o Verão. Depois de tanto me ouvirem, fizeram-me a vontade, e como prenda de anos tive direito a receber a Desert Dusk da Huda Beauty. Não sei se conseguem sentir a minha felicidade, mas todo o hype à volta desta beleza é realmente merecido. 

     Já vos falei anteriormente da primogénita da marca aqui, e acreditem sou mesmo apaixonada por essa paleta. Por isso quando soube que iria ser lançada uma irmã mais nova da Rose Gold, o meu coração parou!
   Meses e meses a ver reviews, e a ver os meus youtubers americanos favoritos a receberem a Desert Dusk e a fazerem looks com a mesma, só aumentava a minha curiosidade e a minha vontade de lhe por as mãos.
Assim que a mesma foi posta à venda cá, esgotou de imediato, na altura do Natal também, mas nos meus anos a minha querida irmã conseguiu comprá-la e no meu dia de anos entre todas as coisas boas, esta paleta estava entre elas.

    O packaging é bastante semelhante à irmã, em cartão rijo preto, mas com mais um ponto positivo, tem um espelho enorme incorporado. A Desert Dusk é composta por 18 cores, que se dividem em 4 tipos de acabamento: matte, pearl, chrome topper e pure glitter. É uma paleta bastante marcada por tons quentes, pois tem como inspiração onde a beauty guru vive atualmente, o Dubai. Por isso a escolha de cores está entre os nudes, os roxos, os vermelhos e os rosas pois representam o pôr-do-sol, a areia do deserto e o amanhecer.
 A pigmentação é realmente incrível, e como na Rose Gold há certas cores, como as de duo chrome e as de puro glitter, que ficam muito melhor quando são aplicadas com um pincel e spray, ou da minha maneira favorita, com o dedo. 


As cores são:
- Desert Sand: É um suave amarelo com sub-tom laranja; 
- Musk: É um cinzento-acastanhado;
- Eden: Aquilo que eu gosto de chamar cor de pêssego. Um laranja suave com um pouco de rosa no seu sub-tom; 
- Amber: Um castanho médio com um sub-tom mais avermelhado;
- Blood Moon: É um cobre com um sub-tom avermelhado muito luminoso e metálico;
- Oud: É um cor de ameixa-acastanhado;
- Celestial: É um castanho muito suave com sub-tons em tons de pêssego e dourado, muito luminoso;
- Nefertiti: É um dourado médio também muito brilhante;
- Twilight: É um vibrante, super luminoso lilás - cor de lavanda - com um tons de azul, violeta e rosa à mistura;
- AmethystÉ um violeta;
- Royal: É um castanho-arroxeado com partículas rosas no seu sub-tom;
- RetrogradeÉ um cobre mais com brilhos em verde e azul;
- Cashmere: É um castanha-acizentado mais claro que o Musk com partículas douradas no seu sub-tom;
- Angelic: Foi algo que notei apenas quando estive a comparar as duas. A cor é igual e o nome também! É um rosa mais pastel com apontamentos dourados - mas acho a sombra desta paleta um pouco mais poeirenta que na Rose Gold -;
- Cosmo: É um cobre escuro, puro glitter;
- Turkish Delight: Mais um tom de cobre mas mais avermelhado, muito metalizado;
- Saffron: É um vermelho escuro;
- Blazing: É o que eu gosto de chamar cor de tijolo. 

    Posso-vos dizer que as minhas cores favoritas são de longe a Eden, a Cosmo e a Celestial. Estão mais duas no meu braço porque o meu rebento - e assistente de fotografia - gosta mais da Blazing e da Twilight, por isso tive que fazer um swatch das mesmas.
    

A Desert Dusk custa 66€ e pode ser encontra na Sephora - lojas físicas ou online -.










You Might Also Like

2 comentários